20/11/2017

MINISTÉRIO NEGOCIA LUCRO DO FARMÁCIA POPULAR PARA ECONOMIZAR RECURSOS


Para ampliar o acesso aos medicamentos do Farmácia Popular, o Ministério da Saúde tem negociado com a indústria farmacêutica e o setor de drogarias o lucro dos remédios. Em média, os valores pagos pela pasta pelos produtos de asma, hipertensão e diabetes no Farmácia Popular estão 30% acima dos praticados pelo mercado.

A proposta é que os parceiros sejam sensibilizados para diminuir essa diferença de custo, ou seja, aplicar os valores de mercado somados a uma margem de lucro de 40%. A insulina NPH, por exemplo, com a transferência de tecnologia, os impostos e a logística, sai por R$ 10. No programa, o desembolso é de R$ 27,50.

Os preços utilizados hoje na venda de produtos do Farmácia Popular para o Ministério da Saúde obedecem às regras da Câmara de Regulação do Mercado de Medicamentos (Cmed). A entidade estabelece um valor teto para a venda, mas os laboratórios e drogarias podem praticar preços menores para o consumidor.

0 comentários:

Postar um comentário

QUEM SOU EU

QUEM SOU EU

Leysson Gurgel Carlos

Bacharel em Ciências Sociais pela UERN. Ex-integrante do blog Caraúbashonews e também ex-assessor de comunicação da Prefeitura de Caraúbas.

CaraúbasNews

O blog irá sempre ser pautado na ética, no comprometimento e na imparcialidade, buscando sempre trazer notícias com rapidez, dinamismo e credibilidade para leitor.

Contatos

Email: leyssongc@gmail.com
Facebook: @CaraúbasNews
Twitter: @leyssoncarlos

Copyright © Caraúbas News